Posição da Embrapa sobre o uso de adubação nitrogenada em soja

Publicado em 13 de março de 2013

A respeito do uso de adubação nitrogenada mineral visando aumento da produtividade da soja, vimos esclarecer que não existem, até o momento, resultados de pesquisa conclusivos que atestem a viabilidade da adubação com nitrogênio mineral no aumento da produtividade na cultura.

Diversos resultados de pesquisa confirmam que a fixação biológica do nitrogênio, por meio do uso da inoculação com bactérias fixadoras de nitrogênio, bradirrizóbios, seguindo as boas práticas de inoculação, de acordo com as recomendações da pesquisa (como por exemplo: “Sistemas de Produção 15. Tecnologias de Produção de Soja – Região Central do Brasil 2012 e 2013”) tem sido suficiente para propiciar o nutriente em quantidade adequada para o pleno desenvolvimento e produção da cultura. O fornecimento de nitrogênio através da fixação biológica é uma conquista estratégica e um diferencial para a sustentabilidade econômica e ambiental da cultura da soja, por ser uma fonte barata e não poluente.

A Embrapa, visando esclarecer questionamentos a respeito da viabilidade da adubação nitrogenada em soja, tem conduzido experimentos em várias regiões produtoras de soja no Brasil e, até o momento, os resultados não justificam o uso de outras práticas, que não a fixação biológica do nitrogênio, seja qual for o nível tecnológico empregado (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 187. Adubação Nitrogenada Suplementar Tardia na Soja Cultivada em Latossolos do CerradoBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 187. Adubação Nitrogenada Suplementar Tardia na Soja Cultivada em Latossolos do Cerrado).

Fonte: Embrapa


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .