Novas regras para pulverização aérea

Publicado em 19 de janeiro de 2013

O diretor executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Marcio Portocarrero, enviou um comunicado nesta quinta-feira (17/01) sobre as regras definidas pelo governo federal para a pulverização aérea e a utilização dos produtos à base de neonicotinóides na cultura do algodão.

Após longo processo de discussão entre a Abrapa, a Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) e representantes da Casa Civil da Presidência da República, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), chegou-se à Instrução Normativa Conjunta nº 1, publicada no Diário Oficial da União, em 28 de dezembro passado.

Essa Instrução Normativa, que revogou o ato conjunto do Mapa e Ibama anterior, de 2 de outubro de 2012, prevê as regras de utilização dos ingredientes ativos Tiametoxam, Imidacloprido, Clotianidina e Fipronil.

Portocarrero chama a atenção dos produtores de algodão para algumas determinações da Instrução Normativa vigente:

•A aplicação aérea desses produtos está autorizada para as culturas de algodão, arroz, cana-de-açúcar, soja e trigo, desde que aprovada para estes cultivos no registro dos produtos.
•Esta autorização é válida até o término do processo de reavaliação ambiental.
•A aplicação aérea está autorizada quando outras alternativas não se encontrarem disponíveis ou viáveis, devendo constar isto no receituário agronômico.
•As aplicações aéreas estão autorizadas para pragas específicas: Bemisia tabaci biotipo B (mosca branca), Frankliniella schultzei (tripes), Aphis gossypii (pulgão do algodoeiro) e Anthonomus grandis (bicudo do algodoeiro);
•Os agricultores deverão notificar os apicultores num raio de 6 km da propriedade 48 horas antes das aplicações aéreas dos produtos.
•A altura máxima de voo das aeronaves é de 4 metros. ]
•Os agricultores devem empregar medidas para evitar a deriva dos produtos durante as aplicações.
•Deve-se guardar uma distância das bordaduras conforme o tamanho de gotas empregado durante a aplicação

Fonte: Assessoria de Imprensa da AMPA


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .