Ferrugem em lavoura comercial de soja predomina na safra 12/13 brasileira

Publicado em 29 de dezembro de 2012

Cerca de 70% dos focos de ferrugem asiática registradas no país foram encontrados em lavouras comerciais de soja da safra 12/13. A proliferação da doença em planta guaxa ocorreu em quase 30% dos casos identificados pelo Consórcio Antiferrugem até a sexta-feira (28). Dos 31 focos existentes nesta safra, 21 estão em lavouras comerciais, sendo outros 10 focos em plantas guaxas.

Em Mato Grosso e no Paraná, estados que lideram em quantidade de focos de ferrugem nesta safra (cada um com nove registros), a situação se difere. Nas lavouras mato-grossenses seis casos foram encontrados em soja remanescente da safra passada, ou seja, a guaxa. Por outro lado, no Paraná a maioria dos focos de ferrugem está nas lavouras comerciais, totalizando sete registros.

Para o coordenador da Comissão de Defesa Vegetal da Superintendência Federal da Agricultura (SFA), em Mato Grosso, Wanderlei Dias Guerra, a doença chegou mais cedo nas lavouras da temporada 2012/13. Neste ano, os municípios de Alto Araguaia (Mato Grosso) e São Carlos (Santa Catarina) foram os primeiros do país a serem listados pelo Consórcio Antiferrugem com casos positivos de ferrugem asiática na soja.

Fonte: Agrodebate


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .