Boletim semanal do Imea

Publicado em 10 de julho de 2012

PRODUÇÃO BRASILEIRA: Segundo a Conab o balanço da produção de algodão no Brasil na safra 2011/12 deve fechar com 1,9 milhão de toneladas de algodão em pluma, queda de 3,0% em relação à última safra. Os principais Estados produtores da pluma no país, Mato Grosso e Bahia, que correspondem juntos a 81,5% da área plantada no Brasil, registraram condições adversas de clima, porém distintas. Mato Grosso foi marcado por chuvas excessivas e Bahia, ao contrário, pela escassez de precipitações. Apesar do acúmulo de chuvas até a primeira quinzena de junho, as condições climáticas em Mato Grosso na última semana permitiram o avanço da colheita do algodão, atingindo 13,0% da área do Estado. Ritmo bem semelhante ao do mesmo período do ano anterior, com apenas 1 ponto percentual a menos. Mesmo com a perda de maçãs do baixeiro no algodão primeira safra, a produção que virá do algodão segunda safra compensará a queda de produtividade, e Mato Grosso deve contribuir com 51% da produção nacional, com 982 mil toneladas, aumento de 5,1% em relação a 2010/11. Já a Bahia deve fechar a safra 2011/12 com forte quebra de 14,5% na produção em relação a safra anterior em virtude da seca.

MATO GROSSO: As cotações do algodão em pluma terminaram com valorização semanal de 3,76%. Em Campo Verde a semana encerrou com a pluma valendo R$ 49,70/@. Desde quando a colheita iniciou no Estado, há um mês, as cotações subiram 5,58%. Nesta semana as cotações foram se valorizando, permanecendo em constante alta, devido aos cotonicultores estarem atentos à colheita, beneficiamento da pluma, e ao cumprimento de contratos futuros.

MERCADO FUTURO: As cotações na Bolsa de Nova Iorque para o contrato de outubro de 2012 fecharam a semana em baixa de 0,75% em relação à semana anterior, sendo cotado a centavos de US$ 70,47/lp. O contrato atingiu seu preço máximo de encerramento na Bolsa às vésperas do feriado nacional nos Estados Unidos, 4 de julho, sendo cotado a centavos de US$ 72,8/lp, e perdeu força no decorrer da semana, caindo 233 pontos até o encerramento da sexta-feira (6). Com a expectativa de menos movimentações internacionais na safra 2012/13, pelo Icac, as exportações foram reduzidas para 7,56 milhões de toneladas em nível mundial, 17% de queda em relação à última safra. Se este cenário se confirmar, pode reduzir a liquidez dos mercados e provocar novas quedas.

Fonte: Imea


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .