IAC apresentou dez novidades na Agrishow 2012, entre plantas, técnicas agrícolas e tecnologias de aplicação.

Publicado em 9 de maio de 2012
O Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, participou da Agrishow 2012 e apresentou ao público da Feira dez novidades, entre variedades e tecnologias. Os agricultores e demais profissionais das cadeias de produção do agronegócio brasileiro tiveram a oportunidade de conhecer parte dos resultados dos estudos do IAC, que completa em junho de 2012, 125 anos de pesquisas agrícolas ininterruptas. A Agrishow 2012 aconteceu de 30 de abril a 4 de maio, em Ribeirão Preto, São Paulo, no Centro de Cana IAC.
Como destaque deste ano, o IAC apresentou pela primeira vez o feijão tipo carioca IAC Imperador, precoce e com alta qualidade de grãos – característica inédita no mercado. O Instituto mostrou também, pela primeira vez na Agrishow, o consórcio entre milho e braquiara que pode aumentar a produtividade da soja cultivada em sucessão ao milho safrinha em até 20%, além de servir de forragem para os animais na entressafra. Na área de tecnologia, o IAC levou para a Feira protótipo inédito, mais eficiente para analisar a rugosidade do solo.

O Programa Aplique Bem do IAC em parceria com a empresa Arysta Lifescience completa cinco anos e apresenta banco de dados inédito sobre a qualidade dos pulverizadores do Brasil.

Durante a Agrishow, o Instituto Agronômico conseguiu realizar contatos e mostrar as dezenas de respostas tecnológicas geradas, capazes de aperfeiçoar as atividades agrícolas nos diversos campos. Os pesquisadores do IAC tiveram ainda a oportunidade de estar em contato com o setor produtivo, analisar novas parcerias e linhas de pesquisas.
            Confira as inovações. Há 10 novidades entre variedades de plantas, técnicas de cultivo, tecnologias na aplicação de defensivos agrícolas e segurança do trabalhador rural, além de transferência de conhecimento ambiental.
Feijão: IAC apresenta nova variedade de feijão precoce e com grãos de alta qualidade, o IAC Imperador. Redução de 30% na aplicação de defensivos e a alta produtividade são atrativos para os produtores. Menor tempo de cozimento e grãos graúdos agradam os consumidores.
Consórcio entre milho e braquiária: A tecnologia pode aumentar a produtividade da soja cultivada em sucessão a cultura do milho safrinha em até 20%, além de servir de forragem para os animais na entressafra. A técnica consiste em semear a braquiária na entrelinha do milho com espaçamento de 90 centímetros.
Qualidade do solo: IAC apresenta protótipo inédito mais rápido e eficiente para analisar a rugosidade do solo. O aparelho serve de parâmetro para a conservação do solo e água, além de auxiliar na escolha de culturas e manejo adequado.
Tecnologia na aplicação de agrotóxico: Programa Aplique Bem do IAC completa cinco anos de atuação e apresenta banco de dados inéditos sobre qualidade dos pulverizadores no Brasil. Os dados coletados em mais de 700 pulverizadores são importantes principalmente para as empresas fabricantes das máquinas, para os técnicos do próprio Aplique Bem e para aqueles que trabalham com segurança na aplicação. A apresentação será no dia 3, às 15h, no estande da Secretaria de Agricultura Paulista.
EPI na agricultura: Ensaios realizados pelo IAC em Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para aplicação de agrotóxicos apontaram que 60% atendem a padrões mínimos de qualidade. O IAC apresenta os principais resultados de ensaios em EPI e análise prática dos equipamentos.
Avaliação de adjuvantes: IAC apresenta proposta para avaliação da qualidade de adjuvantes da pulverização. O Instituto busca encontrar alternativas para avaliar as características dos adjuvantes. O produto ainda não possui legislação específica para obtenção de registro.
Trigo: variedade IAC 385 Mojave tem o dobro de produtividade quando comparada aos outros materiais paulistas, moderada resistência às principais doenças da cultura, reduzindo em 30% a aplicação de defensivos agrícolas, ideal para a colheita mecanizada, além de coloração branca e alto teor de glúten – característica importante para os moinhos.
Sustentabilidade hídrica: IAC transfere informações a produtores rurais sobre estratégias e medidas para atingir a sustentabilidade hídrica de suas propriedades e se tornarem produtores de água.
Hortênsias livres de vírus: pela primeira vez, produtores de flores terão acesso a mudas de hortênsias azuis livre de vírus, desenvolvida por pesquisas do IAC. As hortênsias começarão a ser vendidas no dia das mães e dos namorados.
Café: público poderá fazer degustação de blends de cafés especiais do IAC colhidos na última safra, todos com elevada qualidade de bebida e diferenciação no perfil sensorial em sabor e aroma. O sistema inovador desenvolvido pelo Instituto propõe padrão internacional de qualidade ao café brasileiro, união da pesquisa e cadeia produtiva e redução no prazo para obtenção de novas cultivares.
Fonte: IAC


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .