Queda no preço do algodão reduz as comercializações em Mato Grosso

Publicado em 16 de outubro de 2012

A queda cerca de 10% no preço do algodão em Mato Grosso reduziu o número de contratos fechados no último mês. A comercialização do plumo ficou travada porque os valores cobrados pelo produto, com base nas cotações de Rondonópolis, reduziu de R$ 51,9/@ para R$ 47,0/@ nesta semana.

De acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgados nesta segunda-feira (15) o estado já vendeu 71% da safra que acabou de ser colhida. “Os negócios travados para a próxima temporada também estagnaram, considerando 35% da produção comercializada, 694 mil toneladas “, afirma a analista do Imea, Elisa Gomes.

Ela ainda explica que, embora lenta a comercialização, aproximadamente 90% da produção de caroço de algodão foram vendidas, evolução de 4 pontos percentuais em relação a setembro . “Os estoques de caroço estão baixos porque os pecuaristas e confinadores já estão abastecidos com o produto”.

Exportações – Em setembro as exportações de algodão em pluma registradas pela Secex apontaram aumento no embarque. Como era esperado, foram embarcadas 72 mil toneladas pelo Estado de Mato Grosso, aumento de 53,7% em comparação a agosto. Já em comparação com o mesmo mês do ano passado, o volume é semelhante, aumento de apenas 2.711 toneladas de pluma.

Mato Grosso participou com 48,4% das exportações de algodão em pluma do Brasil, foram 149 mil toneladas embarcadas pelo país. Dados apontam que a safra 2011/12 tende a ter volumes recordes de algodão exportado, isso porque, até o mês de setembro deste ano, o país embarcou o volume de 631 mil toneladas. Em 2011, até setembro o país havia exportado apenas 335 mil toneladas, cerca de 46% a menos.

Fonte: Agrodebate


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .