Grãos: Mercado fecha semana no vermelho na Bolsa de Chicago

Publicado em 1 de setembro de 2012

O mercado internacional de grãos fechou a semana no vermelho na Bolsa de Chicago. Quem liderou as perdas foi o trigo, que terminou os negócios de sexta-feira (31) com baixa de mais de 11 pontos em seus principais vencimentos. A soja fechou com pouco mais de 5 pontos de queda e o milho com mais de 6.

Segundo analistas, o mercado do grão refletiu a decisão da Rússia de não restringir ou proibiar as exportações de grãos do país por conta das perdas com a seca. Os negócios operavam, há alguns dias, com expectativas de que as vendas poderiam ser restritas e isso provocou boas altas nos últimos dias.

Em 2010, o governo russo impôs um embargo às exportações de grãos depois de uma severa estiagem ter provocado uma séria quebra da produção.

Porém, analistas acreditam que essa ainda não seja uma decisão definitiva. “O que vemos nesse momento é que isso é mais um talvez do que um não propriamente dito. As condições, segundo estimativas de empresas privadas, apontam para mais perdas do que as anteriormente previstas na safra russa e o ritmo de exportações é muito alto”, disse o analista de mercado Gabriel Ferreira, da AFNews.

Segundo Ferreira, no entanto, a tendência é de que essas imposições por meio de taxas, impostos ou até mesmo proibições ainda possam ocorrer em meados de novembro, seguindo o ritmo dos negócios russos. Essas medidas permitiriam que o governo pudesse controlar os preços no mercado doméstico garantindo o abastecimento com uma oferta adequada.

Puxada pela queda do trigo, a soja também fechou o dia em queda. Os preços recuaram frente a mais uma sessão de realização de lucros diante das fortes altas dos últimos dias e do final de semana prolongada, já que é feriado nos Estados Unidos na próxima segunda-feira (3).

Fonte: Notícias Agrícolas


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .