Grãos sobem na CBOT com furacão e expectativa de dano à colheita

Publicado em 30 de agosto de 2012

CHICAGO (Reuters) – Os futuros do trigo, do milho e da soja negociados na bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em alta nesta quarta-feira (29), apoiados em expectativas dos traders de perdas nas lavouras, e de atrasos nas colheitas devidos ao furacão Isaac, que atinge a costa norte-americana no Golfo do México.

O setembro do trigo encerrou com os maiores ganhos nesta quarta-feira, comparado com os outros grãos, registrando sua maior alta em mais de seis semanas, em antecipação a possíveis cortes das exportações russas, o que poderia aumentar a demanda por fornecimentos norte-americanos, disseram traders.

A alta, que também se apoiou em uma rodada de cobertura de posições, encerrou as quedas, que já duravam cinco sessões, e elevaram o contrato spot em 31 centavos, que terminou cotado a 9,065 dólares por bushel.

O dezembro do milho também fechou em alta nesta quarta-feira, com uma desaceleração da colheita, com chuvas causadas pelo furacão Isaac, e por preocupações de que parte das lavouras seja danificada.

O milho da nova safra com entrega para dezembro subiu 1,6 por cento, sua maior alta de um dia em mais de uma semana, interrompendo uma sequência de quedas de quatro dias.

A soja para novembro seguiu os outros grãos, e encerrou com alta de 29,75 centavos, a 17,52 dólares por bushel, maior alta da oleaginosa em uma semana, por preocupações de que as chuvas do furacão Isaac atrase a colheita na região do Delta do Rio Mississipi, disseram traders.

Fonte: Reuters


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .