CB Soja mostra as vantagens competitivas dos maiores produtores de soja

Publicado em 14 de junho de 2012

As vantagens competitivas dos principais produtores mundiais de soja foram discutidas nesta quinta-feira durante o VI Congresso Brasileiro de Soja, que foi realizado dos dias 11 a 14 em Cuiabá (MT). O tema foi apresentado pelo consultor Alexandre Mendonça de Barros, da MB Agro. Segundo Barros, a análise do cenário mundial evidencia que Brasil, Estados Unidos e Argentina continuarão sendo os principais produtores e exportadores de soja do mundo, enquanto a China e, principalmente a Índia, serão os maiores compradores do grão. “A Índia em pouco tempo será o país mais populoso do mundo e tem um potencial de consumo de alimentos enorme. Eles podem não consumir carne bovina e suína, mas irão aumentar em muito o consumo de frango”, avalia. De acordo com o palestrante, a competitividade dos países produtores de grãos dependerá de uma série de fatores, entre eles o potencial de expansão da produção – que inclui disponibilidade de terras, condições hídricas, climáticas e tecnológica – logística, estrutura tributária, marco regulatório, entre outros. Neste contexto, afirma, fazendo-se um balanço, o Brasil surge com vantagem sobre os concorrentes, apesar de necessitar de avanços em diversas áreas, como, por exemplo, a logística que encarece a soja nacional. Tais desafios já são de conhecimento da classe produtora, entretanto ainda é necessário fazer com que esta informação seja assimilada pelo poder público. “O diagnóstico está claro para quem lida com a agricultura. Mas não acho que este diagnóstico esteja claro para quem coordena todos os setores da economia. Quem entende de agricultura sabe o que precisa, mas não acho que este interlocutor tenha espaço nos principais meios que coordenam a política econômica brasileira”, analisa Alexandre Mendonça de Barros. Entre os desafios a serem enfrentados para que o Brasil mantenha sua competitividade no mercado internacional está a aceitação pela sociedade da necessidade de investimentos no setor agropecuário e do potencial econômico da atividade. “A sociedade brasileira é uma sociedade urbana, em que as questões ligadas ao meio ambiente são fortes. É preciso negociar com a sociedade, mostrar para a comunidade brasileira e internacional que você tem como produzir sem danificar o meio ambiente”, explica. O VI Congresso Brasileiro de Soja foi promovido e realizado pela Embrapa Soja e contou com correalização da Aprosoja Mato Grosso. Ao longo de quatro dias, mais de 2 mil pessoas entre pesquisadores, professores, estudantes, produtores e profissionais ligados ao complexo soja participaram de palestras, painéis temáticos, fóruns e minicursos.
Fonte: Congresso Brasileiro de Soja – Embrapa


Assist Consultoria | Todos Direitos Reservados

Avenida Brasília, 2711 - (66) 3419 1007 - Campo Real CEP 78840-000 - Campo Verde - MT

. .